Jornalista, Empreendedora, Consultora de Moda, Workaholic. Aquela dos 30 e poucos. Libriana, Shopaholic, camaleoa, "marketeira". Apaixonada por moda, cultura e qualidade de vida!

10 janeiro 2011

Fashion Business, Day 01!

Glamour, Inovações e Polêmicas.

A abertura do Fashion Business surpreendeu o público que esteve presente tanto no Copacabana Palace, quanto no Cine Odeon. Prova de que a mestre, Eloysa Simão, arrasou mais uma vez na organização do evento! Patrícia Vieira, Carlos Miele e Victor Dzenk proporcionaram um verdadeiro espetáculo de cores, formas e texturas.

Carlos Miele e Patrícia Vieira abriram a noite no Copacabana Palace

Carlos Miele - Foto: Moda Spot

Carlos Miele - Foto: Moda Spot

Carlos Miele - Foto: Moda Spot

Carlos Miele - Foto: Moda Spot
Carlos Miele apresentou uma coleção mais conceitual, saindo completamente da linha de ‘espetáculo’ promovida nos desfiles de NY. Em um clima “setentinha” invadiu a passarela com pantalonas, vestidos longos, tricôs e multicoloridos, os looks contagiaram o público que ainda se surpreenderam com o mix de peças da coleção masculina do designer.


Patricia Vieira. Foto: Sebastião Marinho

Patricia Vieira. Foto: Sebastião Marinho

Patricia Vieira. Foto: Sebastião Marinho

Patricia Vieira. Foto: Sebastião Marinho

Patricia Vieira mostrou um mix de épocas, anos 50, 60 e 70. Algumas peças com ares feiticistas, outras com pura feminilidade e todas tinham a marca registrada da designer: couro. Muitos rosas, laranjas, contrapondo com o P&B.


Clima de Las Vegas no Cine Odeon

Victor Dzenk -  Foto: Sebastião Marinho

Victor Dzenk -  Foto: Sebastião Marinho

Victor Dzenk -  Foto: Sebastião Marinho

Victor Dzenk -  Foto: Sebastião Marinho
Victor Dzenk impactou o público que foi prestigiar o primeiro dia de desfiles do Fashion Business. Com uma ambientação glamourosa e jogo de luz, as modelos apresentaram a coleção “Vegas”, com abuso de estampas e inspiração nos anos 70.
Muitos brilhos, plumas e bordados abrilhantaram os longos de festa de Dzenk.


Mas... Nem tudo são flores!


Crueldade Fashion - Fonte: Anda
Apesar da empolgação do primeiro dia de desfiles, uma coisa foi assunto nos backstages: todos os designers apresentaram, em suas coleções, peças com peles de animais! O site da Agência de Noticias de Direitos dos Animais ‘Anda’ foram os primeiros a denunciar a “crueldade Fashion

Segundo trecho da reportagem: “Ao invés de usarem materiais sintéticos, que hoje têm tecnologia de ponta e podem perfeitamente compôr looks glamourosos, os estilistas apostaram em peles verdadeiras – Patrícia, acostumada a trabalhar com couro, usou pele de cabra e de coelho; Miele investiu na de raposa e coelho (usada no capuz da jaqueta tipo aviador masculina); já Victor preferiu pele de chinchila tingida de rosa e azul.”.
Até agora ninguém se manifestou sobre o caso...
Que coisa feia, né?

Show comments
Hide comments

3 comentários:

  1. Nossa Su que coisa super horrorosa, eu sou totalmente contra o uso de peles de animais, ainda não vi os desfiles mas até me deu uma brochada saber disso...
    bjusss

    ResponderExcluir
  2. Poxa é verdade.
    Ontem passou uma reportagem sobre o evento no Jornal, mas ninguém comentou sobre o uso das peles.
    A mídia só mostra o que quer...
    Super beijo :*

    ResponderExcluir
  3. Carlos Miele e Victor arrasarammmmmmmmm!
    Amei quase tds as peças.
    Qto a pele ngm comentou pq perto de tanta coisa linda elas nem ficaram em evidência! Uma pena né? pois podiam ser sintéticas mesmo!

    Beijos Mili
    www.milipavan.blogspot.com

    ResponderExcluir