Jornalista, Empreendedora, Consultora de Moda, Workaholic. Aquela dos 30 e poucos. Libriana, Shopaholic, camaleoa, "marketeira". Apaixonada por moda, cultura e qualidade de vida!

12 fevereiro 2016

Um novo capítulo se inicia...

Chegou a hora de ser... Colunista de moda!


Mas antes... Vamos relembrar algumas fases desta jornada!

Quando a gente está na faculdade sonhamos com mil coisas para o nosso futuro profissional, mas quando concluímos o curso chega a hora de encarar o mercado de trabalho de frente, e aí, muita coisa muda...
Há 10 anos eu terminava o curso de jornalismo, a certeza era uma só: vou ser jornalista de moda! 
Jenna Rink me representa!
Quando penso no início da minha carreira, me vem a mente a Jenna de 'De repente 30', que é uma jornalista de moda, sonhadora, com uma alma adolescente e que busca realizar-se profissionalmente sendo editora de uma revista de moda.
Bom, eu também fui...
1º exemplar - ano de 2007 - momento emocionante da minha carreira!
Meu primeiro editorial fotografado em Petrópolis
Fiquei pouco tempo na Trend, devido ao convite de trabalhar em Petrópolis, a Trend Fashion é de Magé - RJ.

Vida de Jornalista

Após o meu primeiro ano na Trend, eu recebi o convite de ser repórter do jornal Diário de Petrópolis. Ao invés da área de moda, me dediquei às editorias: cidade, cultura e saúde!? (bom, foi importante para o meu último emprego).
Mas a moda nuca saiu de mim...

Becky Bloom e eu temos tanto em comum que não sei nem por onde começar! kkk Mas escolhi essa imagem, pois a cena já aconteceu comigo, e sim, eu também usava cor de rosa na ocasião!

Produção e Marketing de Moda

Após anos como jornalista e editora de um jornal cultural, o "Jornal de Petrópolis", eu conclui a faculdade de moda e o desejo de entrar nesta área só aumentava... E aí eis que surgiu a oportunidade de trabalhar em uma grande marca! E sim, ter contato com a minha primeira "Miranda".

Ah... Andrea "Andy" Sachs ao contrário de você, eu AMAVA o mundo da moda, mas a pressão de trabalhar com a "Miranda" também me fez jogar tudo pro alto...

De volta ao Jornalismo...

Pode ter sido falta de maturidade ou jogo de cintura, mas a última marca de moda que trabalhei me marcou tão negativamente que eu precisava provar para mim mesma que eu era uma boa jornalista. E provei. Foram ótimos 4 anos e meio fora do mundinho da moda - foi aí que o Guia de Estilos saiu fora do ar - mas ao longo destes anos uma imagem que resume bem é essa:


 Foram 4 anos intensos como Becky Fuller de uma manhã gloriosa! Hahahaha Noites sem dormir, dedicação 100% ao trabalho, lidar com egos, gerenciando crises, sem tempo para amigos, vida, amores! ufa. Acabou.

Assim como a Becky,a saída do antigo trabalho foi uma libertação para que pudesse fazer o que gostava e se dedicar um pouco mais a vida!
Mas para mim, esta nova fase vem como a de Jules Ostin de um senhor estagiário... <3, a personagem da Anne Hathaway é uma criadora bem-sucedida de um site de venda de roupas (Sim, sonho meu né? Suxx Store que o diga...). Mas que precisa equilibrar a vida pessoal e a paixão pelo trabalho.



Bom, a meta agora é essa! Ser dona do meu próprio nariz! Seja como comunicadora ou empreendedora de moda, o que eu sei é que a moda é o caminho! <3

Mas além do meu sonho de ser "Jules", o filme traz uma mensagem linda que é o desejo constante de recomeçar do Ben Whittaker, com o magnífico Robert de Niro! Quem não assistiu ainda, assista!!


O que eu posso deixar de conselho para vocês é o seguinte: faça o que você ama!! É na crise que criamos as oportunidades de negócios! Sonhe, coloque no papel, projete! Foco, determinação e mãos à obra! Boa sorte pra gente! :) 




Nenhum comentário:

Postar um comentário