Jornalista, Empreendedora, Consultora de Moda, Workaholic. Aquela dos 30 e poucos. Libriana, Shopaholic, camaleoa, "marketeira". Apaixonada por moda, cultura e qualidade de vida!

30 agosto 2016

BIBLIOTECA ROCAMBOLE HOMENAGEIA A 10 ª PRIMAVERA DOS MUSEUS, O DIA DA ÁRVORE E A CHEGADA DA PRIMAVERA

Foto: Reprodução

Em setembro, a Biblioteca Rocambole (Museu Imperial/Ibram) terá leituras divertidas para a garotada. Com a chegada da primavera, com o Dia da Árvore e com a comemoração da 10ª Primavera dos Museus, a programação promete ser contagiante, estimulando a exploração do maravilhoso mundo da leitura através de oficinas criativas e histórias para emocionar. Todas as atividades são gratuitas e destinadas a grupos escolares previamente agendados junto ao setor de Educação do Museu Imperial.

No dia 6 de setembro, das 14h às 15h, será contada a história do livro “Elefantes nunca esquecem!”, de Anushka Ravishankar. Posteriormente, haverá exploração de livros, jogos e fantoches da Biblioteca Rocambole.
Na obra, a autora utiliza frases curtas e certeiras que se movimentam com as ilustrações em preto e branco. O enredo explora o senso de amizade, respeito e lealdade quando uma manada de búfalos adota um filhote de elefante e o aceita como membro da família.
No decorrer da história acontece o encontro do elefante com a manada da qual se perdera e a decisão para a dúvida de seguir em frente ou ficar com os que o acolheram é uma lição sempre válida para todos. Qual será a opção do pequeno elefante?

Já no dia 8, das 14h às 15h, em homenagem ao Dia da Árvore e à chegada da primavera, será a vez de “O castor jardineiro”, de Lars Klinting, seguida de oficina criativa.
           
Bruno é um castor que ensina o pequeno leitor a fazer atividades prazerosas, de maneira cuidadosa, responsável e em etapas. Em O castor jardineiro, a primavera chegou e Bruno deseja ver sua janela enfeitada com uma nova flor. Ao ver alguns grãos de feijão espalhados pelo chão, resolve plantá-los, explicando todo o processo de germinação e os cuidados necessários para o crescimento da planta ao amigo Dudu. Todo o trabalho é regado com muito carinho e dedicação.

Nos dia 13 e 14 de setembro, das 14h às 15h, mais uma história de tirar o fôlego será contada. Dessa vez, “Douglas quer um abraço”, de David Melling. Posteriormente, acontecerá exploração de livros, jogos e fantoches da Biblioteca Rocambole.
 Às vezes você sente vontade de ganhar um abraço bem forte? Douglas, um urso muito carinhoso queria ganhar um bem forte, e por isso saiu por aí em busca do abraço perfeito, aquele de urso!
No caminho, deu abraços grandes, altos, macios, apertados... Porém, não conseguia ser correspondido, até que encontrou alguém que, finalmente, iria preencher com muito amor toda sua vontade de ser abraçado.

Em 15 de setembro, a contação de histórias será do livro “João e o Pé de Feijão”, reescrito por Ingrid Biesemeyer Bellinghausen.  Em seguida, será proposta uma oficina criativa sobre o tema.

A história fala sobre João, um menino que vivia com sua mãe numa pobre casa. Com eles morava uma vaca leiteira chamada Branquinha. Certa manhã, João foi ordenhar a vaca, mas o leite não saiu. Orientado por sua mãe, foi à cidade para vendê-la. No meio do caminho encontrou um senhor que lhe ofereceu grãos de feijão mágicos em troca da Branquinha. João aceitou. Ao saber da notícia, sua mãe ficou furiosa e jogou os feijões pela janela... O que será que irá acontecer?

No dia 20 de setembro, para comemorar a 10ª Primavera dos Museus, o livro “Contos da natureza” será lido para a garotada. Posteriormente, haverá exploração de livros, jogos e fantoches da Biblioteca Rocambole.
Nesta obra, que é recheada de contos populares, o pequeno leitor irá descobrir como diferentes culturas do mundo conseguem viver em harmonia com os ritmos e padrões da natureza.

Em 21 de setembro, das 14h às 15h, comemorando o Dia da Árvore e a 10ª Primavera dos Museus, a contação será do livro a “A árvore generosa”, de Shel Silverstein. Posteriormente, haverá exploração de livros, jogos e fantoches da Biblioteca Rocambole.
A obra “A árvore generosa” traz o clássico de 1964 que conta a história do amor entre uma árvore e um menino. A árvore é a amiga amorosa que dá tudo ao menino, suas folhas, seus frutos, sua sombra. O menino também ama a árvore, a grande companheira de todos os dias; sobe em seu tronco, se pendura nos galhos, brinca de esconde-esconde. Até que vai crescendo, se torna adolescente, depois adulto. E, pouco a pouco, deixa a amiga de lado. O que será que irá acontecer com os amigos?

No dia 22 de setembro, das 14h às 15h, em homenagem à 10ª Primavera dos Museus e chegada da primavera será contada a história da construção dos jardins do Palácio Imperial de Petrópolis com passeio pelos canteiros do Museu para o reconhecimento de suas principais árvores. Em seguida, as crianças participarão de uma oficina criativa sobre o tema.

Foi sob orientação pessoal do imperador d. Pedro II que os jardins que circundam o Palácio Imperial foram construídos pelo paisagista parisiense Jean Baptiste Binot, em 1854. Com cerca de 100 espécies de árvores e flores, vindas de mais de 15 regiões do mundo (México, Japão, Argentina, Índia, Equador, China, Austrália, Madagascar, entre outras) e grama francesa, os jardins conservam até hoje as linhas paisagísticas traças em sua construção. Quer saber mais? Agende sua visita!

Nos dias 27 e 28 os pequenos serão apresentados ao livro “O Pote Vazio”, de Demi. Posteriormente, haverá exploração de livros, jogos e fantoches da Biblioteca Rocambole.
O livro conta a história de um imperador que procurava um sucessor. Por gostar muito de flores, decidiu entregar a cada criança do reino uma semente para que pudessem cultivar a mais bela flor. Quem conseguisse realizar tal feito levaria o trono. Para a surpresa do menino Ping, que também adorava flores, a sua não brotou. O fim, entretanto, é surpreendente, pois estimula a verdade, que sempre deve estar à frente de qualquer tipo de vaidade.

Para finalizar a programação do mês de setembro, no dia 29, das 14h às 15h, a contação ficará por conta do livro “As três perguntas do Rei”, de Sandra Aymone, seguida de oficina criativa.
            Você saberia responder qual é o lugar, a tarefa e a criatura mais importantes do mundo? – são os questionamentos que “As três perguntas do Rei" apresentam aos pequenos leitores. A obra proporciona uma interessante viagem por um reino, cujo rei busca ansiosamente a sabedoria. O cenário utilizado, uma floresta, transporta a criança para um ambiente diferente do seu dia a dia. Quais serão as respostas dessa aventura?
SERVIÇOS

Biblioteca Rocambole
Funcionamento: terça a sexta-feira, das 9h às 12h (consultas e empréstimos) e das 14h às 17h (atividades com grupos escolares agendados)
Local: Museu Imperial
Informações: (24) 2233-0332 / (24) 2233-0312
Agendamento para grupos escolares: (24) 2233-0345 (setor de Educação)
Mais informações e programação: http://bibliotecarocambole.blogspot.com

Museu Imperial/Ibram/MinC
Endereço: Rua da Imperatriz, 220 – Centro – Petrópolis, RJ
Telefones: (24) 2233-0300 / (24) 2233-0360
Twitter: @museuimperial
Google+: Museu Imperial / Ibram / MinC

Visitação: de terça a domingo, das 11h às 18h
Jardins: de terça a domingo, das 8h às 18h

Preços:
Adultos: R$ 10,00
Estudantes, professores e maiores de 60 anos: R$ 5,00
Menores de 7 anos e maiores de 80: gratuito
Moradores de Petrópolis e petropolitanos, às quartas-feiras e no último domingo do mês: gratuito


Nenhum comentário:

Postar um comentário