Jornalista, Empreendedora, Consultora de Moda, Workaholic. Aquela dos 30 e poucos. Libriana, Shopaholic, camaleoa, "marketeira". Apaixonada por moda, cultura e qualidade de vida!

09 dezembro 2016

Sound Bullet, Def e Generais Marcianos encerram o segundo bloco do Solstício

Sound Bullet - Pedro Arantes
Atrações de domingo incluem A Manga, NDK, NÃDA e Lutre

Festival tradicional de Petrópolis, Região Serrana, o Solstício do Som recebe, todos os anos, nomes da música brasileira. Cerca de 80 atrações de todo Estado do Rio de Janeiro, além de representantes de São Paulo, Minas Gerais, Distrito Federal e Goiás desembarcam na cidade para animar o público. Em 11 de dezembro (domingo), a partir das 15h, na Cervejaria Bohemia, o evento recebe o rock das bandas Sound Bullet, Def, Generais Marcianos, Lutre, NDK, NÃDA e A Manga para encerrar o segundo bloco do evento, que teve início em 01/12 e segue até dia 21. A entrada é gratuita.

Destaque do dia, a Sound Bullet promete colocar a galera para dançar. O som contagiante, que mescla o indie rock com o post-punk e alternativo é a grande marca dos rapazes do Rio de Janeiro. Formada por Guilherme Gonzalez (guitarra e voz), Fred Mattos (contrabaixo e voz), Henrique Wuensch (guitarra) e Pedro Mesquita (bateria), a banda traz a turnê do EP “Ninguém está Sozinho” à Região Serrana, e já prepara o próximo trabalho de estúdio. No currículo, está a participação no projeto Converse Rubber Tracks, com a gravação do single “When it Goes Wrong”, no lendário estúdio Toca do Bandido, e a abertura do show de Andy Summers (The Police).

Banda do Rio de Janeiro, a Def apresenta as músicas do EP “Sobre os Prédios que Derrubei Tentando Salvar o Dia”, lançado em junho, o primeiro de uma série de três EPs planejada pela banda. A sonoridade vem da força do rock alternativo dos anos 90, em bandas como Pavement e Sonic Youth, e da música brasileira, destaque para Jennifer Lo-Fi e Superguidis.

A Generais Marcianos já ocupa um espaço no coração do petropolitano. As canções, essencialmente autorais, são o grande destaque do repertório do grupo. Músicas como “Maria Flor”, “Você Além de Tudo” e “Amor Marciano”, compostas pelo vocalista e violonista Julian Probst, estão entre os sucessos. Além dele, a banda é formada por Vicktor Corrêa (bateria), Leo Ferreira (baixo) e Igor Ponte (guitarra). Na sonoridade dos Generais Marcianos, cabem influências como Lulu Santos, Paralamas e Cazuza.

O power trio Lutre vem da cena goiana para apresentar a musicalidade com influências nacionais e internacionais. A banda leva em suas canções letras de experiências rotineiras e sensações vividas ao longo dos dias. O grupo já possui um EP lançado e um disco, o último gravado no Swing Cobra com produção da banda Ventre, Bruno Schulz e Felipe Duriez.

Inovação e originalidade são as palavras que cercam a música da banda NDK. As mensagens que as composições transmitem, motivam o instinto de força, atitude e coragem. A banda faz parte de uma nova geração de músicos conectados e se destacam nas aberturas dos shows de artistas como Jota Quest, O Rappa, Nando Reis e Raimundos. Completam o lineup o som da NÃDA e de A Manga.

Maior festival gratuito e independente da região, o Solstício do Som leva o melhor da música para o público de Petrópolis. A programação completa já está disponível no site do evento (http://solsticiodosom.com/). Confira as atrações e horários de 11 de dezembro:

15h – A Manga
16h – Generais Marcianos
17h - Def
18h - NDK
19h - NÃDA
20h - Lutre
21h – Sound Bullet
Serviço
Solstício do Som com Sound Bullet, Def, Generais Marcianos e mais
Data: 11/12 (domingo)
Horário: 15h
Local: Cervejaria Bohemia
Endereço: Rua Alfredo Pachá, nº 166, Centro - Petrópolis/RJ
Entrada: Gratuita
Classificação etária: 18 anos

Nenhum comentário:

Postar um comentário